Total de visualizações de página

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

História das Mandalas - Introdução



Nos últimos anos, venho ocupando este espaço falando ddos aspectos teóricos das Mandalas, e em especial da forma como deve ser conduzida uma Mandala Pessoal ou Energizadora para o meio ambiente. A partir deste mes mudarei o foco e passsarei a compartilhar um conhecimento específico que se relaciona ao tema História Das Mandalas. Por que este tema é importante e deve ser considerado na formação tanto das mandalistas esotéricas, como entre as artistas e sobretudo entre as mandalaterapeutas? Pensando rapidamento sobre este tema eu diria que o conhecimento do desenvolvimento histórico das Mandalas nas diferentes civilizações proporciona uma saudável compreensão do porque este simbolo é tão importante e tão pleno de sentido para cada um de nós seres humanos e como a Mandala nos torna todos membros de uma mesma espécie, a  humana. É um símbolo que estêve presente em todas as civilizações e com características próprias em cada uma delas. Além disso, sendo um símbolo presente em nosso inconsciente coletivo, conhecer a sua forma de expressão em cada civilização nos ajuda a apreciar melhor cada Mandala e buscar nela o uso da simbologia, das cores e das bases numéricas, encontrando seus paralelos históricos. Minha proposta então é caminhar na apresentação das Mandalas desde os primeiros povos na terra, os aborígenes australianos, indígenas e os povos celtas. Em seguida, passar pelos hindús, tibetanos, chineses, árabes, medievais – cristãs e as Mandalas do final do século XX e início do século XXI. Assim, convido os leitores para este passeio histórico e me coloco à sua disposição através do meu email para dúvidas e sugestões.

Um comentário:

  1. Adorei teu blog, raro pessoas que se aprofundam tanto em um tema, parabéns!

    ResponderExcluir